Portinado na Final Nacional de Pólo Aquático

[ Ver Mais / See More ]


TUDO EM ABERTO NA FINAL DO NACIONAL DE POLO AQUÁTI

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO Campeã Nacional de Pólo Aquático

[ Ver Mais / See More ]


Portinado com fim-de-semana de Pólo Aquático

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO mais uma vez na Final da Taça Portugal

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO - Pólo Aquático em final de época

[ Ver Mais / See More ]


Juvenis vice-campeões Nacionais Pólo Aquático

[ Ver Mais / See More ]


Apresentação Oficial da Época Desportiva 2010/2011

[ Ver Mais / See More ]


VIIº TORNEIO INTERNACIONAL DE PÓLO AQUÁTICO "CIDAD

[ Ver Mais / See More ]


Portinado vence 1º troféu da nova época 2010-2011

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO CONQUISTA SUPERTAÇA CARLOS MENEIDO

[ Ver Mais / See More ]


PÓLO AQUÁTICO EM PORTIMÃO

[ Ver Mais / See More ]


Mykola Yanochko eleito Atleta do Mês pela FPN

[ Ver Mais / See More ]


POLO AQUÁTICO - CAMPEONATO NACIONAL 1ª DIVISÃO - 3

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO SOMA NOVA VITÓRIA EM GUIMARÃES

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO vence Torneio de mini polo em Lagoa

[ Ver Mais / See More ]


RECORDE DE VISITAS EM FEVEREIRO
PORTINADO - associação de natação de Portimão Rua da Guiné Bissau, piscina municipal de Portimão 8500-511 Portimão Tel. 282470797 E-mail: info@portinado.com www.portinado.com
[ Ver Mais / See More ]


AGOSTINHO A CAMINHO DOS JOGOS OLIMPICOS

[ Ver Mais / See More ]


PORTINADO VENCE CDUP E MANTÉM LIDERANÇA

[ Ver Mais / See More ]


1º TORNEIO NATAÇÃO MASTERS DA PORTINADO

[ Ver Mais / See More ]

 [ Histórico ]

 
 
O Clube | Imprensa | Boletim | Newsletter | Chat | Contactos | Piscina | Inscrição Novo Sócio
Preçário | Horário Livre | Regras de Utilização | Horário Turmas | Piscina | Parcerias
 
EVENTOS

Estão abertas as inscrições para as aulas da época 2016/2017
 
Artigos



 
Diversos
 
ESTÁGIO EM ALTITUDE - 12º e 13º dias

12º Dia de estágio em altitude

Como já se previa, a nossa folga de hoje à tarde teve que ser gozada dentro do centro de estágio, pois as condições climatéricas não permitiram pôr o pé na rua.
No entanto, foi uma tarde bem passado, pois deu para por os trabalhos de casa em ordem, e até para relaxar um pouco. Dos atletas nem se deu notícia, a não ser ao jantar, onde nos encontramos todos.
Em relação ao estado físico do Alex, o mesmo não inspira cuidados, pois apesar de estar sujeito a um programa intensivo de trabalho, em condições muito particulares de altitude, o seu peso contínua constante, e os indicadores que vai dando no início de cada treino, sobre o seu estado de fadiga (PSE), revelam uma boa recuperação entre as sessões de treino
Psicologicamente, o atleta apresenta-se bem-disposto e nos treinos está empenhado e concentrado. O facto de estar acompanhado nos períodos de lazer com outro colega, neste caso o Simão, ajuda de certo a passar melhor o tempo, tornando a permanência aqui mais agradável.
Em relação ao treino na água, realizamos uma tarefa que os nadadores por regra não fazem de agrado. Foram 3000 metros a crol, com o objectivo de manter uma velocidade constante e a técnica estável ao longo da tarefa.
O Alex cumpriu a tarefa com um ritmo média de 1m20 por cada 100 metros, tendo mantido também a braçada estável ao longo de toda a distância (33 ciclos por c/50 metros). Acabou a tarefa com a pulsação a 160 b/m, tendo baixado para 130 b/m após 1 minuto.
Depois do treino na água, realizamos uma sessão no ginásio de força com exercícios integrados, de cerca de 1 hora.
  


13º Dia de estágio em altitude (5º feira)

Estamos hoje precisamente a uma semana do final do estágio. Nestas duas semanas em altitude, o Alex já nadou 86,000 metros em 20 sessões de treino, e em 13 dias de estágio.

Hoje, foi um dia em que subimos um pouco a intensidade do treino, e a reacção do atleta foi muito positiva.  O 1º treino do dia começamos no ginásio com uma parte aeróbia no tapete, bicicleta e remo, de cerca de 30 minutos, seguido de exercícios de saltos. Na água, realizamos dois modelos de velocidade máxima (4x25/1’int), com partidas do bloco. No primeiro a mariposa, o Alex fez 53,12, e a crol 49,81. Nota positiva para a execução técnica, que se manteve estável ao longo de todo o modelo. O volume total de treino foi de 4,600 metros.

Esta manhã foi também a despedida da selecção andaluza de natação, que finalizou os seus 20 dias de estágio, e agora quando descerem à planície irão competir numa competição entre provincias, que se realiza em Madrid no próximo fim-de-semana.

O treino da tarde começou com uma sessão de alongamentos de cerca de 50 minutos, seguida de exercícios de mobilização geral, com elásticos. O volume foi de 5,000 metros, com tarefas técnicas e de coordenação a mariposa e crol. O trabalho principal da tarde foi uma série aeróbia, que começou com uma intensidade ligeira e progrediu para uma tarefa mais exigente, de 6x100 com partidas a cada 2 minutos. Neste trabalho, o Alex começou a 1,04 e progrediu até 1,01. O pulso nas primeiras duas séries andou a 170 b/m,  tendo disparado nas últimas 4 repetições para 180 b/m. A maior dificuldade sentida foi sempre ao nível respiratório, com grande uma grande sensação de falta de ar no final de cada série. No entanto, ficamos ambos satisfeitos com o desempenho conseguido nesta tarefa.

Estive à conversa com o meu colega de piscina, o treinador polaco a quem já me referi em anteriores crónicas. Apesar da grande dificuldade em conseguirmos comunicar, visto ele não falar inglês, e insistir em falar comigo em alemão, consegui entender a sua ideia em utilizar sistematicamente durante o treino a análise ao lactato. Segundo ele, só através do controlo do ácido láctico consegue avaliar o estado real dos atletas, e dessa forma dosear de forma adequada as cargas de treino. Diga-se de passagem que não há treino que não façam mais do que 8,000 metros. A forma de actuar é a seguinte: 1º realizam a tarefa, logo de seguida fazem análise ao lactato. Se está elevado, fazem nado de recuperação até à análise seguinte garantir que o valor já baixou. Quando o valor está normal, voltam a repetir a tarefa novamente, e por diversas vezes, seguindo sempre o mesmo protocolo de avaliação. Já reparei que ele não varia muito o tipo de séries.  
Relevante nisto tudo, é que o nadador polaco tem 1,48 a 200 costas e 49,65 aos 100 costas (pc) e a nadadora tem 4,12 aos 400 livres em piscina curta.
Hoje fui à vila comprar algumas coisas, e começou um nevão como ainda não tinhamos assistido aqui na serra. Num instante tudo ficou coberto de neve, e o regresso  ao centro de estágio teve que ser com toda a prudência, pois a neve cobria por completo a estrada.
 

 

 
 
Total de Visitas
Membros: 10
Notícias: 972
Favoritos Web: 64
Visitas: 40992564
 
Calendário de Eventos
« < Janeiro 2020 > »
D S T Q Q S S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1
 
Galeria de Fotos
 
Patrocinios
cmjmlmjfpa

 
   
Portinado 2009 (C)